Skip to content

Reciclagem

julho 22, 2010

Ainda respiro, cheiro, como e falo de cinema sem parar 24-7-365 se deixar. Mas hoje eu falo diferente. Nunca cheguei a pensar que só Godard era cinema e Antonioni um italiano incompreendido como Truffaut. (Ah, não esse não ele é o cara. hahaha), só que a minha formação como a de qualquer criança latino americana foi de filmes americanos e Disney, Disney e agora pra balançar a Dreamworks.

Passei por uma reciclagem. pronto, cheguei nessa conclusão. Vejo mais filmes europeus e compreendo melhor o timming deles em função do cinema norte-americano como é totalmente diferente. Graças a Deus!

Ainda tenho uma longa lista pela frente, dos novos e dos velhos (principalmente dos velhos, sabendo – se que muitos sequer foram lançados no Brasil nem em DVD ou em película, que não tem tradução para o português), mas aí vai uma listinha dos que estão na mira no momento:

1. Meu irmão é filho único

2. A fita Branca

3. Os filmes da Revolução (A fraternidade é vermelha, A igualdade é azul…)

4. TODOS DO TRUFFAULT.

5. Mais musicais. De onde vierem, sem preconceitos.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: