Skip to content

The Bastards de ontem e de hoje

outubro 26, 2009

Não tenho a intenção no momento de fazer um review do filme. Mas é que antes de ver o filme, um colega cinéfilo, que não trabalha na área audiovisual disse o seguinte:

“Ah, gostei muito do filme, achei legal, mas não precisava ser tão longo, eu cortaria pela metade umas três cenas!”

Eu, belíssima sentada na cadeira já sabia só de assistir quais eram as três cenas que ele gostaria de cortar ao meio, e não vem ao caso dizer aqui, assistam ao filme por que não quero induzir ninguém no momento, depois voltem para comentar se ele está errado ou não.

O que eu quero discutir na verdade é o timming de edição/roteiro. Nessas horas, são as sutilezas que fazem a diferença e não a objetividade que vemos em jornalismo, por exemplo, em que se tem  pouco tempo para transmitir a mensagem através de bancos de imagem e cabeças curtas. A linguagem usada aqui é outra, no cinema cada quadro, movimento de câmera é pensado exatamente como  deve ser para extrair as sensações do público e dar ênfase aos pontos de virada da cena, como é possível ver nas três cenas mais longas do filme. Portanto, elas têm uma razão de ser exatamente assim, profissionalmente falando.

Para os iniciantes, recomendo que assistam aos filmes de faroeste “macarrônico” de Sergio Leone – sugiro “Três Homens em Conflito”  com participação de Clint Eastwood, que são uma das (várias) referências de Tarantino em seus filmes, fora as usadas em cenas, sejam em falas como em quadros. O ritmo da edição aqui vai em camadas evolutivas, beauty shots primeiro… diálogos esparsos depois… e ai…Bam! acontece  o que poderia ter acontecido 3 minutos antes do que poderia se chamar de enrolação.

Das duas uma: ou um filme te faz sair da cadeira através do timming e atrai sua atenção no momento certo ou ele te faz dormir o tempo todo. Para a primeira opção, dê um crédito a mais, por que ousou em largar a linguagem de videoclipe moderninha – tudo rápido, tudo rápido… não que seja ruim, mas variar vale a pena, não?

One Comment leave one →
  1. outubro 28, 2009 1:39 am

    Eu não vou ler isso aqui ANTES de ver o Tarantino stuff.

    Prometo que depois lhe coloco prós e contras.

    beijos do Jaça.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: